Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

...

20.03.08, Pedro Quartin Graça
Exemplo de democrata...

A Questão República/Monarquia não faz qualquer sentido. E o inimigo da Maçonaria é o Vaticano


Lisboa, 17 Mar (Lusa)

O jornalista e maçon Inácio Ludgero* defendeu hoje que os debates entre República e Monarquia já "não fazem qualquer sentido", considerando que Portugal conquistou o direito a ser republicano a 5 de Outubro de 1910.

"Somos e seremos uma República. Conquistámos esse direito gloriosamente a 5 de Outubro de 1910, e agora dar voz a uma minoria, que nem sabe quem é o seu verdadeiro Rei, é uma pura perda de tempo, um disparate sem sentido", afirmou Inácio Ludgero, [...].

[...], Inácio Ludgero fez questão de prestar homenagem a Manuel dos Reis Buíça e Alfredo Luís Costa, os autores dos disparos que mataram o rei D. Carlos e o príncipe herdeiro D. Luís Filipe, no dia 01 de Fevereiro de 1908.

"Quero prestar homenagem a estes dois cidadãos impolutos, que sendo assassinados, matando (...) foram capazes de mudar o rumo da história pela Pátria e pela República", afirmou, defendendo que "nas revoluções pela Liberdade tem de haver mortes".

Vincando a sua condição de maçon assumido, Inácio Ludgero sublinha que os inimigos da Maçonaria "não são nem os monárquicos, nem os católicos, ou de qualquer outro credo, ateus, ou Homens que sejam de qualquer raça ou partido".

"Os verdadeiros inimigos da Maçonaria são os membros de uma seita que dá pelo nome de Opus Dei e quem os apoia, a Igreja Católica, Vaticano com seu papa, no seu profundo reaccionarismo intolerante e racista (onde a mulher nada vale) e todos os ditadores que ainda governam neste nosso mundo", disse.
[...]
* Integrado, como efectivo, na redacção da revista "Visão", do grupo Edimpresa. Maçon do Grande Oriente Lusitano - GOL.

SMA/GC.
© 2008 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.2008-03-17 17:25:01