Blog pessoal criado em 2003
16 de Outubro de 2009

  

 

A XI Legislatura da Assembleia da República teve o seu início ontem dia 15. Mais de 100 novos deputados, entre os quais João de Deus Pinheiro, cabeça de lista do PSD em Braga. Inesperadamente, e alegando razões de saúde, renunciou ao mandato. Nunca havia feito anteriormente qualquer referência a essa possibilidade. Sinceramente não consigo compreender. Acho sobretudo uma enorme falta de respeito pelos eleitores. A não ser que, na verdade, algum problema de saúde tenha surgido a João de Deus Pinheiro nas últimas horas, é manifestamente incompreensível e intolerável a renúncia ao mandato de deputado à Assembleia da República 30 minutos depois de ter tomado posse. Estou à vontade para o dizer porque o que digo pratiquei. Exerci o meu mandato, iniciado em Março de 2005 até ao fim (ontem) e publiquei no meu antigo blog pessoal um relatório final de actividades. Tenho do lugar a noção de que é uma função de serviço ao País e que deve ser dignificada, no respeito por quem nos elege. Deus Pinheiro pensa de forma diversa. É pena.

publicado por Pedro Quartin Graça às 20:55
sinto-me:

CorretorEmoji

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
13
14
15
17
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
11 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Com o relvas à ilharga só pode perder!
Não ao servilismo em relação a outros estados; sim...
Considero este texto extremamente rico, ao abordar...
Só uma palavra: concordo!
Obrigado pelo seu comentário.PQG
Lembro-me perfeitamente desse dia trágico: a surpr...
É lamentável, cada vez dou-Lhe menos crédito. Mona...
De acordo com os seus pressupostos mas....como diz...
Caro Dr. Pedro Quartin Graça, em obrigação para co...
Muito lhe agradeço a sua atenção! Parabéns!