Blog pessoal criado em 2003
14 de Abril de 2008


MPT quer indeminizações para afectados do temporal

A comissão executiva do Movimento Partido da Terra na Madeira reuniu-se esta manhã

Além desta situação mais actual, o líder regional do MPT, João Isidoro, criticou o 'chumbo' a uma proposta que pretendia atribuir um complemento de 50 euros aos pensionistas.

Data: 14-04-2008 - Diário de Notícias da Madeira

O Movimento Partido da Terra (MPT) na Madeira, reunida a sua comissão executiva na manhã de hoje, emanaram dois temas. O primeiro, relacionado com o temporal que assolou a Madeira na semana passada e, o segundo, teve a ver com a proposta de complemento mensal dos pensionistas.
Em declarações ao DIÁRIO, o líder regional do MPT disse que a comissão executiva lamenta que "a Assembleia da República tenha chumbado uma iniciativa, votada na Assembleia Legislativa da Madeira, que tinha a ver com um complemento financeiro de 50 euros mensais a todos os pensionistas e reformados da região Autónoma, que recebem um valor mensal abaixo do salário mínimo nacional, muito deles com pensões na ordem dos 200 euros", explicou João Isidoro.
Para o MPT, "mais lamentável ainda nesta situação foi o facto dos deputados eleitos pelo PS-Madeira à AR terem votado contra esta iniciativa, desrespeitando e ofendendo todos os eleitores que acreditaram e votaram neles" e consideram que este 'chumbo' é "uma ofensa a todos os idosos e pensionistas da Região Autónoma da Madeira, que tenham pensões de miséria", complementa João Isidoro.
Por outro lado, no que toca à questão mais actual, o MPT entendeu "apelar ao Governo Regional que indemnize todos aqueles cidadãos e empresas que foram lesados pelos temporais" da semana passada, mas cuja responsabilidade "não é delas, mas sim, ou de negligência ou de obras mal planeadas por parte da câmaras municipais e do Governo Regional", esclarece.João Isidoro aproveitou para apelar, também, "a que no que se refere a futuros Planos de Ordenamento do Território se tenha em atenção um fenómeno que já não é muito novo, mas é recente, que são as alterações climáticas à escala mundial", frisou. "Se hoje estamos fora das consequências, é uma forma de contribuir para que possam ser tomadas medidas de prevenção, relativamente a estes fenómenos, que hoje por várias razões são muito mais complicadas que no passado e possam dar garantias, no que toca à manutenção da qualidade de vida às populações da Região Autónoma, diminuindo os efeitos" do impacto da natureza, conclui.
Francisco José Cardoso

Militantes de Santa Cruz em plenário

MPT elege representantes das freguesias e direcção da Comissão Política
Os militantes do MPT de Santa Cruz reúnem-se em plenário sábado com o objectivo de eleger os representantes das freguesias e direcção da Comissão Política Concelhia.
GF
publicado por Pedro Quartin Graça às 18:56
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
18
19
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
11 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Com o relvas à ilharga só pode perder!
Não ao servilismo em relação a outros estados; sim...
Considero este texto extremamente rico, ao abordar...
Só uma palavra: concordo!
Obrigado pelo seu comentário.PQG
Lembro-me perfeitamente desse dia trágico: a surpr...
É lamentável, cada vez dou-Lhe menos crédito. Mona...
De acordo com os seus pressupostos mas....como diz...
Caro Dr. Pedro Quartin Graça, em obrigação para co...
Muito lhe agradeço a sua atenção! Parabéns!