Blog pessoal criado em 2003
29 de Janeiro de 2007

DO GOVERNO VEM, FINALMENTE, UMA BOA NOTÍCIA! MAS MESMO ASSIM PAGAMOS PARA VER...

Objectivo é reduzir a poluição
Governo e municípios estudam introdução de portagens nas cidades


29.01.2007 - 10h11 PUBLICO.PT



O Governo está a negociar com a Associação Nacional de Municípios a introdução de portagens à entrada das principais cidades para dissuadir o uso do automóvel e reduzir as emissões de CO2, avança hoje a edição do “Jornal de Negócios.

A proposta dos secretários de Estado do Ambiente, Humberto Rosa, e dos Transportes, Ana Paula Vitorino, está a ser discutida com a ANMP, que tem a última palavra na introdução de mecanismos de redução da entrada de veículos diariamente nas cidades.

A medida foi sugerida pelas comissões de coordenação e desenvolvimento regional (CCDR), em planos que estão neste momento a ser articulados com as autarquias, disse Humberto Rosa ao jornal.

Embora Lisboa e Porto sejam as cidades mais castigadas em relação à qualidade do ar, a medida pode estender-se a outras cidades do país, admite o governante.

Humberto Rosa dá os exemplos de Londres e de Estocolmo, que limitaram, com sucesso, o acesso de veículos ao centro das cidades.
publicado por Pedro Quartin Graça às 14:04
ACERTOU!...
O s.o.s. é o nosso amigo de laçarote da Moita!!!!!
Sailor Girl a 29 de Janeiro de 2007 às 14:17
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
17
18
19
21
23
25
26
28
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
11 comentários
11 comentários
10 comentários
7 comentários
6 comentários
5 comentários
5 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Com o relvas à ilharga só pode perder!
Não ao servilismo em relação a outros estados; sim...
Considero este texto extremamente rico, ao abordar...
Só uma palavra: concordo!
Obrigado pelo seu comentário.PQG
Lembro-me perfeitamente desse dia trágico: a surpr...
É lamentável, cada vez dou-Lhe menos crédito. Mona...
De acordo com os seus pressupostos mas....como diz...
Caro Dr. Pedro Quartin Graça, em obrigação para co...
Muito lhe agradeço a sua atenção! Parabéns!