Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

...

30.05.07, Pedro Quartin Graça
Lisboa: MPT escolhe Quartin Graça como cabeça de lista
O deputado Pedro Quartin Graça é o candidato do Movimento do Partido da Terra (MPT) às eleições intercalares de Lisboa e terá como um dos tema forte da sua campanha a manutenção do aeroporto da Portela em Lisboa.
Em declarações à Lusa, Pedro Quartin Graça adiantou que a decisão de avançar como cabeça de lista pelo MPT foi tomada terça-feira à noite, numa reunião da comissão política do partido.
O «forte envolvimento e presença» que o MPT sempre teve nas questões ligadas à cidade de Lisboa é, segundo Quartin Graça, uma das razões que levaram o partido a avançar com uma candidatura às eleições intercalares marcadas para 15 de Julho.

«Sempre apresentámos muitas propostas para Lisboa», lembrou, apontando o Plano Verde para a cidade, aprovado recentemente por unanimidade pela comissão permanente da Assembleia Municipal de Lisboa, como uma das mais emblemáticas.
«É a concretização do que defendemos há 13 anos», sublinhou.
A este propósito, Quartin Graça adiantou que irá lançar um repto a todos os seus adversários na corrida à Câmara de Lisboa para que «publicamente se comprometam a pôr em prática o Plano Verde» e a adoptar medidas preventivas, nomeadamente a não construção nas respectivas áreas, durante o período de revisão do Plano Director Municipal.
A manutenção do aeroporto da Portela será outro dos temas da campanha do MPT, já que defendem que essa é «uma questão nacional, mas também uma questão da cidade de Lisboa».

«Portugal já é um país periférico, com a saída do aeroporto da cidade de Lisboa poderá ainda tornar-se mais periférico», afirmou Pedro Quartin Graça, deputado do MPT na Assembleia da República, eleito nas listas do PSD.
Defendendo a solução «Portela mais um», Quartin Graça considerou que existem «soluções mais baratas e realistas» do que a construção de um novo aeroporto na Ota.
«Devemos ser pragmáticos e não cometer erros», salientou, apontando a manutenção da Portela em conjugação com o aproveitamento de outras pistas que existem nos arredores da cidade como a solução que hoje em dia será mais apropriada.
Além do Plano Verde e da manutenção da Portela, Quartin Graça irá focalizar a sua campanha em outros cinco temas, apesar de remeter o seu anúncio para um momento posterior.
«Vamos abordar sete áreas essenciais. São sete as colinas de Lisboa e vamos apresentar sete soluções», revelou.
Prometendo um «número apreciável de independentes» nas listas do MPT à Câmara de Lisboa, Quartin Graça assegurou também que o critério da paridade será cumprido.
Apesar de reconhecer que o MPT não fez qualquer diligência para formar uma coligação para as eleições intercalares, Quartin Graça admitiu que teria sido «muito benéfica» a existência de coligações.
«Daria maiores condições de governabilidade para o dois anos que restam até às eleições autárquicas», afirmou, considerando um «pouco excessivo» o número de candidatos que se apresentam às eleições.
«Não havia necessidade, mas a verdade é que não houve entendimentos. Lamentamos que assim tenha sido», sublinhou.

Diário Digital / Lusa
30-05-2007 16:22:00

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.