Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

PEDRO QUARTIN GRAÇA

Blog pessoal criado em 2003

...

28.11.07, Pedro Quartin Graça
Selvagens abrem mostra de cinema documental no México, representando Portugal no Fórum Universal de Culturas 2007, promovido pela UNESCO
"Selvagens, A Última Fronteira", do realizador e jornalista Filipe Araújo, foi o filme eleito pelo Fórum Universal de Culturas, promovido pela UNESCO, para abrir o espaço de cinema deste evento mundial, a decorrer este ano, na cidade de Monterrey, no México. O premiado documentário, que se debruça sobre o dia-a-dia nas Ilhas Selvagens — o território mais meridional e inóspito de Portugal —, representou o país no âmbito do ciclo de cinema Documenta Monterrey, que terminou esta semana.

Inaugurado em Barcelona, em 2004, o Fórum Universal das Culturas é levado a cabo de quatro em quatro anos, em diferentes cidades do mundo, com o objectivo de promover e pensar soluções para assuntos de importância mundial como a paz, a educação, o conhecimento e a preservação do ambiente. Este ano, teve como principais tópicos a diversidade cultural, o conhecimento, a paz e a sustentabilidade, envolvendo sessões de debate, várias exposições internacionais e um espaço dedicado às diferentes formas de expressão cultural. Arrancou a 20 de Setembro e fechará as suas portas a 8 de Dezembro de 2007 naquela que é a cidade mais próspera do México.
Premiado em Novembro com o Grande Prémio FEST, no Festival Internacional de Cinema de Santa Maria da Feira, "Selvagens, A Última Fronteira " havia já integrado as selecções oficiais de vários festivais internacionais, como o San Francisco Short Film Festival, na Califórnia, EUA, o Documenta Madrid, em Espanha, o Oxford Documentary Film Festival, no Reino Unido, e o Evirofilms, na Eslováquia, tendo sido o único projecto português em competição na última edição do Festroia.
Produzido pela independente Blablabla Media e com uma banda-sonora da autoria da pianista Ana Araújo, o filme documenta a curiosa e paradoxal rotina na micro-sociedade das Ilhas Selvagens, dois minúsculos rochedos isolados em pleno Oceano Atlântico, mais próximos do Tenerife do que da ilha da Madeira, e onde só existe uma casa particular, não há telefones, a água chega das chuvas e a escassa electricidade provém de painéis solares.

Publicado no México:
Selvagens é um documentário fora de série, onde se fala daquele encontro que nunca acontece entre os dois grupos: a pessoa e a família; fala-nos muito da condição humana da solidão e da necessidade de companhia.
Roberto Escamilla, Coordenador da Cineteca do Estado de Nuevo León, in El Provenir (diário mexicano), 15/11/2007
Araújo mostra no seu documentário uma história de extraordinária simpleza, com uma poética narrativa e um magnífico ritmo e musicalização.
Pablo Pérez, in Milenio (diário mexicano), 18/11/2007
Site de Selvagens, A Última Fronteira:
www.blablablamedia.com/selvagens

Entrevistas (imprensa nacional e internacional):
http://www.blablablamedia.com/showreel/Press.html